terça-feira, 23 de junho de 2009

A Mulher Invisível



Olá Amigos...

Constantemente ouço as mulheres reclamarem que os homens são todos iguais e que são todos safados e blá blá blá...
Até acredito que tenha um fundinho de verdade nisso, mas a grande verdade mesmo é que a maioria de nós não sabemos o que queremos.
Muitos dizem que temos tendência de querer tudo o que é mais complicado, explico:

Por exemplo, quantos de nós não temos aquele carinha bacana da faculdade (tá certo que ele nem é bonitinho) mas o cara mata e morre por você, e claro, isso pouca importa, o que eu quero mesmo é aquele safado mal carater que me faz sofrer... Viu como a coisa muda de figura?

Recentemente, aqui e Salvador, fui ao Salvador Shopping assistir um fime (pra varear sozinho) e optei por assitir A Mulher Invisível.
Gente, eu me MIJEI de rir do começo ao fim. Selton Mello (Pedro) rouba a cena e o seu amigo inseparável Vladimir Brichta (Carlos) - (mulheres, não adianta... Todo homem tem um amigo inseperável, MESMO QUE VOCÊ NÃO GOSTE DELE), até a tal Luana Piovanni (Amanda) mando MUITO BEM.

A moral do filme é mais ou menos essa:

Pedro (Selton Mello) vai a loucura quando sua esposa Marina (Maria Luisa Mendonça) que ele ama tanto dá um pé na bunda dele grávida de um gringo alemão, ela larga o cara e vai se embora pra europa (parece que já tinha visto esse filme na minha vida pessoal). O cara entra em parafuso e sua vizinha Vitória (Maria Manoella) presencia tudo através da parede da cozinha dela que dá pra sala do Pedro (Ela coloca um copo na parede pra poder ouvir melhor). Vitória é casada com um Ogro policial e ela ficava ouvindo as conversas de seu vizinho porque ela acha lindo como ele trata a esposa.
O marido de vitória morre de ataque cardíaco e ela viu a possibilidade de se dar bem com o vizinho.
Tres meses depois de uma depressão profunda, Pedro imagina alguem batendo em sua porta e era a gostosíssima da Luana pedindo uma chicara de açucar. Ele vê em Amanda uma mulher perfeita, carinhosa, inteligente, boa de cama, sensível e acima de tudo gostava de futebol, e pasme, ELA NÃO ERA CIUMENTA...
Mas o grande barato de tudo é que Pedro não consegue apresentar Amanda para seu amigo Carlos, e o motivo era simples, ELA NÃO EXISTIA heheheheheh, mas ele saia com ela.. comprava dois ingressos pra cinema, ia jantar, iam pra balada e pra ele, ela estava alí mas ninguem mais conseguia ver.
Enquanto isso, Vitória tenta de todas as formas chamar atenção do cara mas ele nada de dar bola pra ela. O destino faz com que Vitória e Carlos (amigo do Pedro) se encontrem casualmente e aí a história fica confusa, porque Carlos quer Vitória, Vitória quer Pedro que por sua vez quer Amanda que não existe, hhahahahahaha.
Bom, quando finalmente ele consegue se "livrar" de Amanda em sua mente ele conhece pessoalmente Vitória mas aí parecia ser tarde porque Carlos e ela já estavam juntos. Gente, em partes do filme a irmã de Vitoria, Lúcia (Fernanda Torres) fica alimentando a idéia de que sua irmã tem que "dar" pro seu vizinho Pedro, hahahahaha.
Bom, Não vou contar tudo aqui, mas o filme é impagável e na minha visão a "mensagem" do filme é que todos nós "criamos" nosso homem ou mulher ideal mas muitas vezes ela ou ele está ao seu lado.

Eu sinceramente parei pra refletir muito sobre essa comédia que se não fosse cômica seria trágica... Mas o que realmente vale é ficarmos atentos a nossa volta.... Porque seu homem, ou mulher "invisível" pode estar pertinhu e você não está nem dando conta viu "LCS"...

Fui...

Ah, o site do filme tem um cartão para OS ENCALHADOS, hauahuaha vale a pena mandar para um amigo ou amiga sua encalhado (a), hahahahaha, para mandar o cartão clique na palavra "ENCALHADO" hahahaha.

O Site do filme tem também um link BOM DEMAIS PRA SER VERDADE, onde você pode participar de um forum sobre quem é pra você BOM DEMAIS PRA SER VERDADE. hehehehe Basta clicar no link

Daniel

4 comentários:

robertadalessio disse...

Risos...Parece que eu tb já vi esse filme.
Adorei!
Roberta

Portal Scramble & Daniel Cruz disse...

Oi Beta....

Hehehehehe, eu imagino que já deve ter assistido mesmo, hahaha Aliás, vale MUITO a pena assistir o filme pra dar umas boas risadas.

Beijão e obrigado pelo comentário.

Daniel

Simone Nascimento disse...

Cara, vou ter que assistir esse filme...
E você hein, tão ingrato, vai ao cinema sozinho e nem me convida, vê se não esquece de mim a próxima vez, rum...
Beijooooooooooos!!!!!!

Anônimo disse...

Kkkk Dani.. assim não dá vc contou o filme todo... Eu assisti e adorei,,, fiquei rindo do começo ao final...
Mas prova que mulher perfeita nao existe, nem adianta vocês quererem rsrsrsr

Bjusss
Daiani Furtado